Perguntas frequentes

  1. COMO É REALIZADO O PROJETO PARA A CONSTRUÇÃO DE UM IMÓVEL?

Em primeiro lugar está a definição do programa de necessidades do projeto, o qual consiste na abordagem, por parte do cliente, das peculiaridades do projeto (área estimada da construção, formato do terreno, número de ambientes, fluxogramas, funcionalidade, estética, orçamento disponível, entre outros). Depois começam os estudos, croquis e maquetes do que chamamos de anteprojeto. Após a definição do mesmo segue o projeto de prefeitura e os projetos executivos, cuja finalidade é descrever os pormenores da obra (projeto de fundação, cotas, cobertura, elétrica, hidráulica, paginação, gesso, marcenaria...)

  1. QUAIS AS ETAPAS PARA A CONSTRUÇÃO DE UMA CASA?

Análise do terreno, limpeza do local, marcação da obra, fundação, alvenaria, contra piso, lajes, cobertura, elétrica, hidráulica, esquadrias, gesso, revestimentos (pisos e azulejos), instalação dos aparelhos sanitários e pintura.

  1. QUAL A FASE MAIS COMPLICADA NO PROCESSO DE CONSTRUÇÃO DE UMA CASA?

Acreditamos que se a obra tiver um projeto bem detalhado, seguido corretamente por bons profissionais, o número de complicações, problemas e desajustes serão mínimos. Ao contrário, na fase de acabamentos é onde surge a maioria das complicações, pois se trata da finalização do projeto.

  1. QUAIS AS DOCUMENTAÇÕES NECESSÁRIAS PARA A OBRA?

O alvará de construção emitido pela prefeitura, os projetos executivos detalhados pelo arquiteto ou engenheiro, e a placa do responsável técnico pela obra.

  1. O QUE É PRECISO PARA APROVAR O PROJETO NA PREFEITURA?

O documento do terreno (matrícula ou escritura), a certidão negativa de débitos imobiliários (emitida pela prefeitura), o projeto feito profissional, a ART (anotação de responsabilidade técnica) e a caderneta de obra.

  1. QUANTO TEMPO LEVA PARA SER APROVADO O PROJETO PELA PREFEITURA?

O tempo estimado é no mínimo de 40 dias, variando muito conforme os tramites da prefeitura.

  1. QUAL A IMPORTÂNCIA DO ARQUITETO PARA REALIZAR AS OBRAS?

O arquiteto é o profissional habilitado a organizar os espaços, desenvolvendo ambientes adequados às diversas atividades executadas pelo homem. Ele procura exprimir no projeto as necessidades e anseios de cada cliente, buscando promover ambientes agradáveis, funcionais e de bem estar. Outro ponto relevante, é que o arquiteto ampara o planejamento da obra, otimizando os custos, auxiliando na contratação de mão de obra, na escolha dos materiais e na execução da obra.

  1. QUAIS OS PRINCIPAIS ERROS QUE AS PESSOAS COMETEM AO CONSTRUIR UMA CASA SEM A AJUDA DE UM PROFISSIONAL?

Geralmente as construções sem o auxilio profissional não seguem as normas e leis específicas; os recuos não são respeitados, os ambientes são feitos sem as metragens mínimas, sem iluminação e ventilação suficientes por exemplo. Entre outros fatores está o gasto excessivo devido à falta de planejamento e projetos, muitas vezes os custos da obra ultrapassam o orçamento, elevando o prazo de execução da mesma.

  1. QUAIS AS DIFICULDADES QUE UM ARQUITETO PODE TER PARA REALIZAR UM PROJETO?

Muitas vezes o cliente não consegue expressar seus anseios dificultando a definição do projeto arquitetônico. Os projetos de reformas também podem trazer certa dificuldade, pois nem sempre sabemos como a obra foi executada, não há projetos específicos e muitas surpresas surgem no decorrer da reforma.

  1. QUAIS LEGISLAÇÕES OS ARQUITETOS DEVEM SEGUIR PARA REALIZAR O TRABALHO?

Para projetos residenciais e comerciais temos: código de obras municipal, lei de zoneamento municipal, código sanitário estadual, regulamentos de segurança do Corpo de Bombeiro, leis federais de acessibilidade e normas da ABNT.
Nos projetos de maior porte como indústrias, seguimos além das leis descritas acima, as normas de órgãos como Cetesb, SIVISA e leis ambientais.

  1. QUAIS OS CUIDADOS DEVEM SER TOMADOS DURANTE AS ETAPAS DO PROCESSO DE CONSTRUÇÃO DE UMA CASA?

Contratação de bons profissionais (mão de obra em geral: arquitetos, engenheiros, pedreiros, encanadores, eletricistas, carpinteiros, pintores...); emprego de materiais de boa qualidade; programação dos prazos e custos desprendidos e acompanhamento das etapas da obra juntamente com o responsável técnico.

 

villaçaarquitetura  

Arq. Carolina Villaça